Casamento Real com Amor Real

Poucas coisas mexem tanto com as pessoas como o amor. Acredito que justamente por isso, o casamento de Meghan Markle (afroamericana, 3 anos mais velha que o noivo, feminista, divorciada…) com o Príncipe Harry movimentou tanto as redes sociais. Ambos tiveram que superar muitas coisas para estarem juntos e essa coragem contagiou o mundo.

O casamento foi marcado por trocas de olhares, cuidado do noivo ao levantar o véu da noiva, a frase “você está maravilhosa. Eu sou um sortudo”, que arrancou suspiros de todas as mulheres e a personalidade dos noivos em uma cerimônia que historicamente exige muitos protocolos.


Apesar da palavra da rainha ser uma ordem, ficou claro que muitas coisas foram escolhidas pelo casa. O poema lido pela irmã de Diana, um dos celebrantes foi o bispo norte-americano Michael Bruce Curry, que veio com discurso forte, falando de amor, escravidão e citou Martin Luther King. Um dos pontos altos, na minha opinião, foi o coral gospel cantando o clássico Stand by me, uma música que fala de uma pessoa que não tem medo de nada se estiver com o seu amor. O violoncelista Sheku Kanneh-Mason, de apenas 19 anos, foi outra linda escolha do casal.

Meghan veio no carro com a mãe, mas entrou boa parte do trajeto sozinha, apenas com a companhia das daminhas e pajens que seguravam o véu. Depois o pai do noivo, Príncipe Charles, a levou até o seu amado.

O projeto floral foi assinado por Philippa Caddock. Na porta da Capela de St. George foi colocado um arco de flores gigante com folhagens do The Crown Estate e do Windsor Great Park e rosas e peônias brancas. Dentro da capela, decoração floral no mesmo estilo apenas nos portais e no altar, na nave não foi usada decoração.

Além da decoração da capela, Philippa Caddock também fez o buquê de Meghan. Com flores brancas, como manda a tradição, a composição foi formada por astilbe, lírios-do-vale e astrantia, além do ramo de murta. O mais lindo foi a homenagem que teve para a mãe do noivo! As misótis eram as flores preferidas delas e foram colhidas pelo próprio Harry.

Já falamos do vestido da noiva no post anterior e ele foi Clare Waight Keller, da Givenchy. A designer foi também a primeira mulher a assumir a direção artística da maison e dizem que essa escolha tem relação com a valorização que Meghan dá para as mulheres.

Confiram agora um pouco do casamento real em fotos:

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.