O Elopment Wedding em Paris de Giselle & Edmar

A nossa parceira Giselle Cardoso, que faz o buffet e a decoração de muitas noivas na Bahia, acaba de realizar um sonho: casar a dois em Paris.

Ela e o noivo resolveram unir o casamento com a lua de Mel, fazendo a cerimônia a dois em Paris e uma viagem super caprichada pela Europa, logo em seguida! Uma experiência incrível.

O Elopement Wedding é uma escolha para os casais que sonham em ter uma experiência única, que valoriza o amor, a cumplicidade, o romantismo. Um resgate ao foco principal da união: o casal.

Pensando nisso, e em como o elopement wedding se tornou uma tendência no último semestre (inclusive postei aqui o elopement wedding da atriz Stephanie Brito na Italia), preparei uma entrevista com a Giselle, para compartilhar com vocês a visão e o sentimento de uma noiva que acabou de vivenciar esse sonho.

Confiram:

BLOG: Você trabalha com buffet e decoração de casamentos na Bahia, mas porque resolveu fazer um destination wedding fora?

Giselle: Quis sentir toda essa emoção glamour e encantamento nesse local que inspira a magia do casamento de forma ímpar que é Paris e compartilhar essa expertise para melhorar o atendimento com as minhas clientes, além de trocar experiências com profissionais locais, promovendo o nome de Salvador e da Bahia em França.

BLOG: Como escolheu o destino do seu casamento?

Giselle: O local foi da seguinte maneira: que local inspira magia? Transmite romance? Causa arrepios? Paris, é claro. Nem precisa de filtros, a paisagem é a melhor decoração que há.

BLOG: Durante a organização do casamento a distância, quais dificuldades enfrentou? E o que faria diferente?

Giselle: O medo do desconhecido, de mudanças drásticas no clima, de esquecer algo (apesar das muitas malas), aquele dilema dicotômico da expectativa X realidade. Deu tudo certo, mas poderia não ter dado, sabe? Fui fazendo listas e pesquisando, usando meu conhecimento prático do dia a dia em eventos volumosos aos mais intimistas. Um pouco dali, um pouco daqui e voilà: meu casamento saindo do forno. Poderia fazer diferente com relação a chegada, pois ter alguns dias no local antes do evento é muito importante para se acostumar com o fuso horário. Outra questão é a quantidade limitada de profissionais à disposição, pois a cada mudança de cenário e de indumentária sempre fica um detalhe ou outro por fazer que a gente só vê nas fotos e que não dá mais para consertá-las. Vale lembrar que a ideia é diminuir custos e os profissionais lá recebem em euros e o câmbio não nos é favorável.

BLOG: Você levou fornecedores do Brasil para o destino, ou contratou fornecedores locais? Se contratou do local, como escolheu eles?

Giselle: Sim, fornecedores de Salvador e de Paris.
Inclusive, graças aos fornecedores e parceiros da Bahia esse evento foi possível. Queremos agradecer a @elizabethmarienoivas, @ennienoivas, @organiza_assessoria, @centraldasaliancassalvador, @haneschilerjoias que são profissionais conhecidos no mercado baiano notadamente pela excelência e presteza dos seus produtos e serviços. Já em Paris tive apoio de vários profissionais que estou compilando para disponibilizar as minhas clientes que desejarem essa experiência.

BLOG: Como é conciliar a viagem do casamento e a lua de mel?

Giselle: Confesso que é um pouco cansativo, principalmente por causa dos ¨volumes¨, tanto de bagagens quanto de informações. É necessário organização, mas o resultado final compensa, pois a lua de mel e a cerimônia se confundem a todo momento… Tudo já é uma festa! Sem contar que os destinos turísticos belíssimos e históricos da Europa ficam mais próximos que muitas cidades do interior da Bahia, então, é só aproveitar e se divertir muito!

BLOG: Agora que retornou de viagem, qual dica você daria para um casal que sonha com o destination wedding?

Giselle: São várias dicas, uma cadeia de coisas básicas que acompanham o destination wedding. Primeiro é a questão financeiras e/ou a disponibilidade de tempo para viajar com sua sua família e amigos queridos, como já disse o câmbio Brasil/Europa faz a gente pensar muito! Então, alugue e compre tudo que puder no Brasil e leve, pois, excesso de bagagens paga-se em Reais e não em Euros; Segundo: que tipo de casamento você quer? Isso definirá seu destino. Terceiro: Pesquise com antecedência de meses ou até anos, pode parecer emocionante mas todos os passos estão num itinerário, é importante segui-lo, se quiser que as coisas aconteçam no propósito esperado. Imprevistos acontecem: supere-os com inteligência. Problemas são inevitáveis: coloque-os na sua lista. Toda lista, tem sua task: isto é, tem tarefas a serem feitas antes de algo acontecer. A magia é a nossa imaginação: para ela acontecer é necessário que sua “varinha” esteja lustrosa. Prevenir, remediar e agir. Faça mais do que acreditar que seu sonho pode se tornar real, transforme ele em realidade, e o mais importante: seja feliz!

Gostou? Se você sonha em fazer um elopement wedding em qualquer lugar do mundo, pode contar com a expertise do Blog para te orientar! Entre em contato através do email contato@marinanovaes.com.br que terei o maior prazer em te ajudar!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.